sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Estudo revela que 1 em cada 50 britânicos não precisa usar desodorante

Pesquisadores descobrem anomalia genética que faz com que o suor de 1 milhão de britânicos não tenha cheiro ruim.
 
 
Estudo revela que 1 em cada 50 britânicos não precisa usar desodorante
(Fonte da imagem: Thinkstock)

Nos dias de maior calor, é impossível não se deparar com alguém cujo desodorante não deu conta do recado, e é bastante comum sofrer com os cheirinhos dos demais em metrôs e ônibus apertados. Imagine que maravilha se todos fossem iguais a cerca de 1 milhão de britânicos, que simplesmente não precisam usar desodorantes graças a uma anomalia genética que faz com que as suas axilas não tenham cheiro nenhum!
De acordo com o Daily Mail, um grupo de pesquisadores da Universidade de Bristol descobriu que um em cada 50 britânicos apresenta uma mutação genética rara em um gene conhecido como ABCC11, impedindo que as axilas produzam qualquer tipo de mau cheiro. Segundo a publicação, os indivíduos que apresentam essa anomalia também são mais propensos a produzir cera de ouvido mais seca e menos pegajosa do que o normal — eca!

Gene inativo

Conforme explicaram os pesquisadores, pelo menos um quarto dessas pessoas é consciente de que não cheira mal, mas mesmo assim, a grande maioria delas — oito em casa 10 — continua usando desodorante por mera convenção social. O mau cheiro nas axilas é provocado quando o suor produzido pelas glândulas sudoríparas entra em contato com bactérias presentes na pele — e a produção do fedorzinho depende da existência de um gene ABCC11 ativo.
Infelizmente, a grande maioria das pessoas não tem a sorte de nascer com esse “defeitinho” genético, precisando usar desodorantes para contornar o problema do cheirinho desagradável. Mesmo assim, segundo o Daily Mail, aproximadamente 5% da população simplesmente prefere não usar esses tipos de produtos.

Fonte: Daily Mail