terça-feira, 21 de maio de 2013

Invenção de uma garota de 18 anos poderá recarregar celulares em segundos





inventor
(Fonte da imagem: Reprodução/NBC News)

Uma garota de apenas 18 anos apresentou um supercapacitador que se carrega completamente em poucos segundos na feira internacional de ciências e engenharia da Intel e ganhou, pelo projeto, o prêmio Jovem Cientista, junto com um cheque de 50 mil dólares.

Eesha Khare, de Saratoga (Califórnia), disse que a motivação para ela criar esse capacitador foi porque a bateria do seu celular sempre morre. Ela diz que seu projeto tem inúmeras vantagens sobre as baterias convencionais, porque aceita até dez vezes mais ciclos de recarga e por ser também flexível, permitindo seu uso em telas, tecidos e vestuários.
 
Americana Eesha Khare ganhou o prêmio Jovem Cientista de 50 mil dólares da Intel.
 
Uma garota de apenas 18 anos apresentou um supercapacitador que se carrega completamente em poucos segundos na feira internacional de ciências e engenharia da Intel e ganhou, pelo projeto, o prêmio Jovem Cientista, junto com um cheque de 50 mil dólares.Eesha Khare, de Saratoga (Califórnia), disse que a motivação para ela criar esse capacitador foi porque a bateria do seu celular sempre morre. Ela diz que seu projeto tem inúmeras vantagens sobre as baterias convencionais, porque aceita até dez vezes mais ciclos de recarga e por ser também flexível, permitindo seu uso em telas, tecidos e vestuários.
Na feira, o supercapacitador de Eesha foi utilizado para acender um LED, mas o projeto tem grande potencial para a indústria. Apesar de estar longe de uma aplicação comercial, o modelo que se carrega completamente em 30 segundos ajuda a pesquisa de novas tecnologias.

Baterias que se carregam em menos tempo e com a capacidade de aceitar até 10 mil ciclos de recarga podem livrar aparelhos e dispositivos por mais tempo da dependência elétrica. Hoje, a duração de vida das baterias é um dos itens mais cruciais entre as características de um smartphone.

Fonte: Intel, NBC News