quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

5 motivos pelos quais o seu Android pode ficar lento

Prestar atenção em alguns detalhes pode fazer com que o desempenho do seu smartphone melhore consideravelmente.

Por Wikerson Landim
 
5 motivos pelos quais o seu Android pode ficar lento
(Fonte da imagem: Reprodução/GSMNation)

Depois de um certo tempo, é comum que a maioria dos sistema operacionais comecem a apresentar pequenos problemas. Lentidão, memória insuficiente e até mesmo arquivos inúteis podem transformar o seu aparelho de ótimo desempenho em um gadget “comum”. Por conta disso, é fundamental realizar uma manutenção de vez em quando.

Com os aparelhos que executam o sistema operacional Android não é diferente. Separamos algumas dicas simples para você ficar atento a alguns pequenos problemas que podem ocorrer no caminho. Repará-los, em diversos casos, é rápido e prático e o resultado disso será um aparelho “novinho em folha” na sua mão.

Apague o que você não usa mais

5 motivos pelos quais o seu Android pode ficar lento
(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Já não há mais espaço disponível para instalar aplicativos? Apague o que você não usa mais. Embora espaço de armazenamento e memória RAM sejam coisas diferentes, apagar e excluir aplicativos com muita frequência faz com que alguns arquivos desnecessários permaneçam instalados no meio do caminho.

Você pode conferir o espaço disponível na memória do seu aparelho acessando a opção “Configurações” e, em seguida, “Armazenamento”. Se você não for utilizar mais o aplicativo ou ainda utiliza ele muito pouco apague sem dó. Outra solução é formatar a memória interna do aparelho, mas para isso não se esqueça de fazer um backup antes.

Elimine os aplicativos rodando em segundo plano

5 motivos pelos quais o seu Android pode ficar lento
(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Durante um dia de uso normal do seu smartphone, você abre vários aplicativos diversas vezes. Entre o uso de um app e outro, muitos daqueles que são abertos permanecem assim, em segundo plano, independente de você utilizá-los ou não. Para evitar isso, o ideal é checar o que está acontecendo entre os aplicativos “ocultos”.

Para isso, acesse “Configurações” e em seguida procure por “Aplicativos” e “Serviços em Execução”. Neste campo você poderá verificar quantos e quais são os programas rodando no background. Excluir aqueles que você não está utilizando já é um bom começo e pode garantir uma melhoria rápida no desempenho.

Limpe o cache

5 motivos pelos quais o seu Android pode ficar lento
(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Para agilizar a navegação, os navegadores salvam algumas informações sobre as páginas em arquivos temporários, garantindo que em um acesso posterior elas sejam carregadas de forma mais rápida. No Android não é diferente e, assim como nos browsers, depois de um tempo ele acumula uma série de “lixos” originados dos aplicativos que usamos.

Limpar o cache pode garantir uma execução mais suave do sistema operacional. Para isso, acesse “Configurações” e, em seguida, “Aplicações”. Dentro de cada um dos aplicativos você encontrará a opção “Excluir cache”. Mas cuidado: esse passo exclui todos os arquivos temporários, por isso evite utilizá-lo em apps de anotações e agendas.

Sistema operacional mais novo pode não ser o ideal

5 motivos pelos quais o seu Android pode ficar lento
(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Geralmente quando um aparelho é lançado, suas configurações são projetadas para fazer o melhor uso possível da versão nativa do sistema operacional e, no máximo, receber uma ou duas atualizações de versão. Quando “vence” esse tempo, é natural que problemas comecem a aparecer.

Assim, é possível que ao atualizar o seu SO você enfrente problemas como maior consumo de bateria ou redução da velocidade do sistema. Infelizmente, isso não pode ser classificado como um problema, mas sim como algo natural a todos os sistemas operacionais. Se você seguiu os passos anteriores e nada disso resolveu, considere utilizar uma versão anterior do SO ou até mesmo voltar para a versão “de fábrica”.

Mova apps para o cartão SD

Outra dica que pode auxiliar você na busca de um melhor desempenho para o seu aparelho é a de mover apps para o cartão SD. Por padrão, os aplicativos são instalados no próprio aparelho, mas você pode enviar aqueles mais pesados para o cartão de memória.

Entretanto, fique atento a duas situações. Primeiro, é preciso que o desenvolvedor tenha habilitado esse recurso no aplicativo. E, por último, saiba que ao conectar o seu aparelho ao computador via USB o armazenamento no cartão é eliminado e, ao menos por alguns instantes, os apps instalados no cartão não devem funcionar.